O estudo Bareme Rádio Marktest quantifica, no primeiro semestre de 2022, em 7 milhões e 227 mil, o reach semanal de rádio, número que representa 84.4% do universo dos residentes no Continente com 15 e mais anos .

Na análise do perfil dos indivíduos que ouvem rádio numa base semanal, a idade surge como a variável que maior diferença de comportamentos apresenta. Os indivíduos dos 35 aos 44 anos são os que possuem maior afinidade com o meio, com 97.1% de reach semanal. Os valores baixam gradualmente com o subir da idade, para um mínimo de 61.1% junto dos indivíduos com mais de 64 anos.

As classes sociais também apresentam um comportamento heterogéneo, com os valores a baixar gradualmente de um máximo de 97.9% entre os indivíduos da classe alta para um mínimo de 65.6% entre os indivíduos da classe baixa.

 As regiões também apresentam valores mais próximos entre si, sendo no entanto os residentes no Litoral Centro os que apresentam maior reach semanal de rádio (87.0%).