Esta sexta feira, 30 de Setembro de 2022, é dia de Marcha lenta na EN 3, entre as localidades de Vila Nova da Rainha e Azambuja, num percurso de cerca de 10 quilómetros. O Movimento pela Saúde, está revoltado com o facto da maioria da população (85%) não ter Médico de Família.

A única alternativa viável, segundo o jornal Correio de Azambuja, será a criação de um seguro municipal de Saúde. Na edição desta 6ª feira, o jornal dá conta que o presidente da câmara Silvino Lúcio (PS), tem já duas propostas num valor aproximado de 200.000 euros anuais, para poder decidir o que fazer.

Existe a intenção de poder utilizar os serviços de prestadores privados que existem no concelho.

Depois da marcha lenta, os participantes farão um vigília às portas do Centro de Saúde.