A Corrida das Lezírias é uma organização da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira em parceria com a “Xistarca” e com o apoio da “Companhia das Lezírias”.

Vila Franca de Xira recebeu, no passado domingo, dia 5 de março, a tradicional “Corrida das Lezírias”. No total, foram cerca de dois mil atletas que participaram na prova, vindos de todo o País. Neste sentido, Diogo Ramalheira e Rita Santos sagraram-se vencedores da prova principal.

Os dois atletas cortaram a meta em 51m09s e 1h03m33s, respetivamente. Por sua vez, a prova principal da Corrida das Lezírias contava com 15,5 quilómetros, percorridos em asfalto, calçada e terra batida. Ao mesmo tempo, incluiu ainda a travessia da Ponte Marechal Carmona. Por outro lado, contou com cerca de 150 equipas, num total de 1.002 atletas.

Contudo, a prova contou ainda com uma Minicorrida, um percurso de cinco quilómetros entre o Parque Urbano de Vila Franca de Xira e Alhandra. Por outro lado, teve também duas provas da “Corridinha” (400m e 800m) para os mais pequenos. O objetivo desta prova é trazer um ambiente de diversão e competição dentro do Parque Urbano.

Esta foi a 28ª edição da Corrida das Lezírias

No mesmo sentido, a 28ª edição da Corrida das Lezírias pretende promover uma manhã saudável, mas também algumas das paisagens que o concelho oferece. Para o Vereador do Desporto da Câmara Municipal, João Pedro Baião, esta é ainda “uma forma de unir as várias áreas”. Por sua vez, são elas “o turismo, o desporto, a saúde, a economia local e a cultura”. Neste sentido, elas são unidas “com os campinos e os diversos grupos e bandas que mostraram o que de melhor Vila Franca de Xira tem ao longo deste dia”.

prova junta ainda a cidade ao campo, e o alcatrão à terra batida. Desta forma, os caminhos de Vila Franca de Xira recebem, quer atletas amadores, quer profissionais, naquela que é considerada uma das provas mais emblemáticas do calendário nacional.

Este evento é uma organização da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira em parceria com a “Xistarca” e com o apoio da “Companhia das Lezírias”.